Educação financeira para seus filhos

educacao-financeira-para-seus-filhos-maxsegur

Educação financeira para seus filhos, 5 veja dicas úteis e incríveis para estimular a educação financeira dos seus filhos ao presenteá-los.

Educação financeira é um presente para a vida inteira. Aliás, o momento de presentear uma criança é uma ótima oportunidade para abordar o assunto. Você pode, por exemplo, dar presentes que estimulem a educação financeira e também ter atitudes práticas que dêem bons exemplos para a criança. Veja só:

1– Meu primeiro porquinho

educação financeiraO primeiro cofrinho é uma parte importante da educação financeira infantil. Quando a criança começa a ter acesso a notas e moedas, já pode ser presenteada com seu primeiro cofrinho. A ideia é ir juntando moedinhas aí até que o cofrinho possa ser aberto para comprar algo que a criança deseje. Conversar com ela sobre o tempo e a persistência necessária para juntar dinheiro são pontos primordiais da educação financeira infantil. Assim, desde cedo, você já começa a estimular o saudável hábito da poupança em seu filho.

Aliás, no caso de filhos maiores, uma conta poupança pode ser um presente com o mesmo princípio, estimulando uma atitude financeira mais precavida e consciente, além de garantir mais tranquilidade no futuro do jovem.

2 – Livros educativos

Outra dica de presente que estimula a educação financeira são livros sobre o tema. E não precisam ser títulos complicados. Já existem obras dedicadas especialmente ao público infantil e jovem, com linguagem própria para cada faixa etária.

Alguns bons exemplos:

  • Para crianças em início de idade escolar, ‘Dinheiro, Dinheirim – Moeda no Cofrim’, de Itamar Rabelo, Victor Jose Hohl e Mauro Nogueira. Uma aula sobre a arte de poupar, composto por versos, divertido e de fácil compreensão.
  • Para crianças de 7 a 12 anos, ‘Crise Financeira na Floresta’, de Ana Paula Hornos. Um livro que ensina de forma lúdica e divertida conceitos como trabalho, poupança e investimento e ainda fala sobre o impacto das dívidas e do consumismo, honestidade e ética.
  • Para jovens, ‘A Árvore que dava Dinheiro’, de Domingos Pellegrini. Um clássico da literatura jovem, com uma história cheia de humor e ação, onde são mescladas informações econômicas, educação financeira e lições de vida.

3 – Façam vocês mesmos

A maioria das crianças, atualmente, está exposta a um excesso de estímulos ao consumo. Uma forma de incentivar um tipo de atitude diferente pode ser sugerir que vocês mesmos façam os presentes, juntos.

Vejam tutoriais na Internet de como fazer brinquedos com materiais reaproveitados e coloquem a mão na massa. Certamente, o tempo gasto com a criança e a diversão do momento de fabricação já são grande parte do presente. Além disso, a atividade ainda desperta a criatividade do seu filho.

4 – Troca de brinquedos

Outra forma de incentivar um comportamento menos consumista é promover uma troca de brinquedos. Pode ser com amigos da escola ou do bairro. Combine com os pais antes, junte as crianças e façam uma espécie de bazar de trocas.

A brincadeira pode render boas oportunidades de educação financeira. Uma ideia, por exemplo, pode ser dar um número de uma a cinco estrelinhas para cada brinquedo, conforme sua condição, para tornar as trocas mais justas, fazendo tudo com acompanhamento das crianças, explicando cada passo para que elas possam aprender e se divertir ainda mais.

5 – Sua atitude é o principal exemplo

Lembre-se que os filhos aprendem, sobretudo, por observação e cópia. Portanto, na hora de dar presentes, procure também dar bons exemplos:

Quando for pesquisar preços, chame a criança para participar. Na hora de comprar, evite parcelamentos longos. E não se endivide para agradar seu filho. Saiba a importância de dizer não e de dar limites para a criança. Ela precisa aprender a lidar com situações assim.

Além disso, é bom reforçar que presentes não substituem a presença dos pais. Gastar tempo com seus filhos pode ser mais importante que gastar dinheiro. Invista nisso. E aproveite para conversar com a criança sobre outras atitudes simples de educação financeira, como apagar a luz, comer toda a refeição para não desperdiçar alimentos, tomar banhos mais rápidos, economizar água, etc.

Saiba mais sobre educação financeira infantil: Como ensinar às crianças sobre dinheiro e outros valores.


Home | Seguros | Seguro Auto | Seguro de Vida | Seguro Residência | Seguradoras | Seguro contra inadimplência | Previna-se dos imprevistos

Leave a Reply